PROUNI 2013: Incrições e Informações

prouni-2013Esta chegando à hora de ser divulgada a data para as inscrições pelo MEC (Ministério da Educação), o período de inscrições para o PROUNI 2013.
O PROUNI – Programa Universidade Para Todos foi criado em 2004 no governo do Exmo. Sr Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na época, visando democratizar o ensino superior no Brasil, para que todos independentemente de sua classe sócio/econômica tenham oportunidade de frequentar uma Universidade, o que antes só os ricos podiam em sua maioria desfrutar.

Para alcançar com mérito o objetivo proposto, o PROUNI atua com a distribuição de bolsas de estudos para pessoas com baixa renda, que não tem como custear seus estudos em instituições particulares (privadas) de ensino superior. As bolsas de estudo oferecidas pelo PROUNI 2013 podem ser integrais ou parciais. Desde sua criação o programa já distribuiu milhares de bolsas de estudo em todo país, tornando sonhos em realidade, sonhos esses que até então pareciam quase ou impossíveis para quem gostaria de dar continuidade a seus estudos, mas suas condições financeiras não permitiam prosseguir.

O processo seletivo do PROUNI 2013 passa a ser totalmente informatizado, baseado na nota obtida pelo candidato no ENEM. Agora, o processo seletivo do PROUNI é totalmente impessoal, garantindo maior transparência e credibilidade, devido a sua informatização. Serão realizadas duas chamadas (no momento da inscrição o candidato poderá fazer duas opções, ou seja, escolher dois cursos diferentes).

Os candidatos que não forem selecionados na primeira opção poderão aguardar a segunda chamada. Ainda, mesmo que, não seja selecionado na segunda opção, o candidato poderá participar de uma lista de espera que dá direito a concorrer às bolsas não ocupadas durante o processo seletivo.

Requisitos necessários para os candidatos interessados em concorrer a uma bolsa de estudos oferecida pelo Governo Federal através do PROUNI 2013:

  • Ter realizado a prova do ENEM 2012 e obtido nota média de 400 pontos;
  • Cursado o ensino médio em escola pública ou escola particular, com bolsa integral;
  • A renda familiar per capta do candidato deve ser de um salário mínimo e meio (para bolsa integral) e de três salários mínimos (para se obter bolsa parcial, 50%);
  • Caso o candidato seja professor da rede pública de ensino e o curso pretendido for à área da educação (normal superior, letras, pedagogia, etc.).

Mais Informações

Departamento de ProUni (Bloco 6 -térreo)

pelo Telefone (044) 3027.6360 ramal 208 e 377

ou (044) 3027.6222 Call Center

e-mail: prouni@cesumar.br

ou através do site do MEC: –  http://www.mec.gov.br

SEEDUC CE: Secretaria Estadual de Educação do Ceará

SEEDUC CE A única forma de aumentaras nossas chances no mercado de trabalho e ter mais oportunidades em meio a um publico cada vez mais concorrente, é estudando. Mas, claro, não pensem que o estudo deve ser aquele buscado agora.

 Claro, atualizações são mais do que necessárias, mas o ensino principal, aquele obtido nos níveis médio e primário são essências para a nossa base educacional. Sem um bom preparo nos primeiras etapas educacionais, fica muito difícil uma pessoa se sair bem nas demais fases de estudo, como o nível superior, por exemplo.

E por ser uma fase tão importante, os níveis de ensino básico e médio precisam ser amparados por uma organização local de qualidade. Ou seja, toda a parte administrativa, legal e burocrática precisa ter uma secretaria estadual responsável e competente para que tudo funcione da melhor maneira possível proporcionando qualidade na educação dos jovens profissionais do futuro.

A Secretaria Estadual de Educação do Ceará (SEEDUC) sabe bem da importância de um órgão competente no regimento do ensino. Criada em 1916, a SEEDUC é divida em varias instâncias onde ficam lotados os principais agentes e órgãos administrados cuja responsabilidade é sua.

A missão central é a garantia de educação básico, com olhar voltado para o sucesso do aluno em questão. Os valores utilizados para esse objetivo são: Qualidade, ética, eficiência, transparência, participação e equidade.

Objetivo do SEEDUC CE

Localizada no município de Campeba, Fortaleza (CE), a secretaria possui os seguintes objetivos estratégicos:

– Fortalecimento do regime de colaboração com foco na alfabetização das crianças na idade adequada;

– Melhora na qualidade de Educação Básica em todos os níveis de ensino;

– Permitir maior acessibilidade ao ensino médio e aumentar os indicadores de permanência e fluxo no ensino médio;

– Articulação do ensino médio com educação profissional e continuidade dos estudos;

– Assegurar desenvolvimento deveres e diretores dos profissionais da educação;

– Desenvolver modelos de gestão organizacional e escolar, focados na aprendizagem.

A SEEDUC possui um projeto em cooperação com os demais municípios, garantindo a ampliação do ensino. O PAIC (Programa Alfabetização na idade certa) é uma parceria firmada entre o   Governo do Estado do Ceará e os demais municípios do Estado.

Seu foco é o trabalho com crianças de até 7 anos idade, matriculadas na rede estadual de ensino., objetivando o maior domínio da leitura e escrita desses pequenos já que ambos são entendidos como , “condição prévia para o sucesso do aluno em outras aprendizagem escolares”.

Para saber mais sobre a SEEDUC CE, acesse o site oficial e fique por dentro de todos os detalhes: http\\: portal.seduc.ce.gov.br

Crédito Universitário

Crédito Universitário

Os universitários com certeza tem muitos benefícios que os incentivam cada vez mais a continuarem seus estudos.

Esses benefícios começam desde algo pequeno como no caso de descontos em transportes públicos e também descontos em teatros, até créditos em banco e forma de financiamentos facilitadas para que esse crédito auxilie o estudante em seus gastos com estudos.

Porém as formas de crédito atualmente são voltadas principalmente para financiamento de estudos, e com certeza é uma das partes mais difíceis para o universitário na atualidade.

Entre esses financiamentos estudantis, com certeza o Fies acaba sendo muito conhecido entre os brasileiros, justamente por que o Fies é um programa oferecido pelo Governo Federal e que oferece planos de muita qualidade e também com baixos juros durante todo o financiamento, o que acaba incentivando bastante o estudante.

Porém por alguns motivos alguns estudantes não conseguem financiar seus estudos pelo Fies e o mesmo precisa apelar para outros meios de financiamentos como no caso do crédito universitário.

Atualmente várias instituições financeiras estão oferecendo essa modalidade de crédito aos estudantes, sendo que entre essas formas de crédito o mesmo conta com cartão de crédito e formas de crédito facilitadas, sendo que ambas são voltadas principalmente para seus gastos com estudos.

Em todo caso o aluno acaba tendo gasto com livros e outros produtos nos quais acabam sendo prioridade para que  ele consiga uma boa desenvoltura em seus estudos.

Para participar de um crédito universitário é muito simples, visando que muitas instituições oferecem atualmente várias formas de crédito na qual auxilia e oferece planos exclusivos para universitários.

Em todo caso para conhecer um pouco mais sobre essas formas de crédito basta entrar no site http://www.creditouniversitario.com.br, esse site é exclusivo para crédito universitário e nele você encontra várias informações de planos.

Garanta a Vaga Na Creche ou Escola Para Seu Filho Em 2012

Vagas em creche

Vagas em creche1

Conheça os direitos de seus filhos na hora de brigar por uma vaga na creche ou em escolas públicas.

Muitas mães passam a noite nas filas e ainda assim não conseguem uma vaga. Primeiro, a saber, as escolas públicas aceitam matrículas o ano todo. O que muitas vezes acontece por motivo de mudança no meio do ano letivo. Porém, o movimento é maior no final de ano. Por isto, não percam tempo.

As vagas garantidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pela Constituição.

Toda criança tem que estar dentro das escolas.

A Lei que regula a Educação Nacional é a chamada Lei de Diretrizes e Bases (LDB) e determina que cada Prefeitura garanta uma vaga em creches para alunos até cinco anos.

As crianças entre seis e quatorze anos são de responsabilidade da Prefeitura e do Governo Estadual.

O ensino médio, voltado aos jovens de 15 a 18 anos, é obrigação apenas do Estado.

Se o adolescente já ultrapassou os 16 anos e ainda não terminou o ensino fundamental, ele pode e deve cursar o supletivo. As escolas estaduais não cobram nada.

“O aluno deverá fazer uma Prova de Reclassificação”. Passando nessa prova, será transferido automaticamente da 7ª para a 8ª, que agora é 9º ano.

Com o término do supletivo e o certificado em mãos, o adolescente pode prestar concurso público, pode prestar qualquer vestibular, e concorrer a qualquer emprego, desde que preencha os requisitos exigidos.

Entre na lista de espera de sua cidade. Se demorar, vá à Diretoria Regional de Ensino mais próxima. Se ainda assim, não obtiver resposta, vá ao Conselho Tutelar. E, em último caso acione a Defensoria Pública e o Ministério Público.

Muitas vezes acontece que nas escolas públicas dos grandes centros como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte, sobram vagas e na periferia essas vagas faltam. E, não é raro ver crianças da periferia estudando em escolas de bairros nobres. É um sacrifício que vale a pena.

É bom saber que conseguir uma vaga em creche ou escola pode demorar porque elas ainda são poucas. Mas não desistam.