Bolo Formigueiro de Laranja

Bolo Formigueiro todos conhecem, porém com laranja fica muito gostoso.

Ingredientes:

bolo-formigueiro-de-laranja-12 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 ½ colher (sopa) de fermento em pó químico
Óleo e farinha de trigo para untar
2 ovos
½ xícara (chá) de açúcar
1/3 de xícara (chá) de óleo
½ xícara (chá) de suco de laranja
50 gr de coco ralado
50 gr de chocolate granulado

Como Preparar:

No liquidificador, bata os ovos com o açúcar, a farinha peneirada, o óleo e o suco até ficar homogêneo. Adicione o coco, o granulado, o fermento e misture com uma colher.Despeje em uma fôrma de buraco no meio de 24 cm de diâmetro untada e enfarinhada e leve ao forno médio, pré-aquecido, por 25 minutos ou até enfiar o garfo na massa e ele sair limpo e seco. Deixe esfriar, desenforme e sirva.

Bolo de Fubá com Calda de Laranja

Bolo de fubá com calda de laranja é muito saboroso. A caldo da laranja é mais um ingrediente que realça o sabor e a combinação do fubá com laranja é perfeita. Acompanhe nossa receita.

Ingredientes:

bolo-de-fuba-com-calda-de-laranja1 ½  xícara (chá) de leite
3 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de óleo
1 xícara (chá) de fubá
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
Manteiga e farinha de trigo para untar
Raspas de casca de laranja a gosto

Calda:

2/3 xícara (chá) de suco de laranja natural
1 colher (sopa) de manteiga
½ xícara (chá) de creme de leite

Modo de Preparo:

No liquidificador, bata o leite, os ovos, o açúcar, o óleo e o fubá até essa massa ficar homogênea. Passe para uma tigela adicione a farinha de trigo e o fermento e misture com uma colher.
Despeje em uma forma de buraco no meio de 22 cm de diâmetro, untada e enfarinhada, e leve ao forno médio, preaquecido por 30 minutos ou até dourar.
Retire, espere esfriar um pouco até ficar morno e desenforme. Para a calda, leve ao fogo médio o açúcar, o suco de laranja e a manteiga, mexendo até que forme uma calda rala. Desligue e misture com o creme de leite. Cubra o bolo com calda, polvilhe com raspas de laranja e sirva.

Frango ao Molho de Curry

frango-ao-molho-de-curry-2

Curry é um dos temperos mais antigos que se tem conhecimento. É originário da Índia.

O curry é composto de vários ingredientes, dentre eles o gengibre, a pimenta vermelha, a pimenta dedo-de-moça, canela em rama, cominho e a pimenta do reino. O cardamomo, cravo, coentro e erva-doce. Esses temperos são torrados e moídos sempre em uma dosagem diferentes no preparo do curry.

O curry pode ser usado para temperar carnes, aves ou peixes.

Com tantas mistura o curry torna-se excelente para a saúde, ajudando no combate a dos processos inflamatórios, atuando de forma quimiopreventiva, é antiviral, antioxidante e antibacteriano.

frango-ao-molho-de-curry-1

Preparo:

Para preparar o frango ao molho de curry você vai precisar de:

 Trezentos gramas de coxa e sobrecoxa de frango.

  • Pimentão cortado em cubos pequenos (basta um pimentão grande)
  • Uma cebola média também cortada em cubos pequenos.
  • Um tomate cortado em pequenos cubos.
  • Meia colher de café de páprica picante.
  • Uma colher de café de páprica doce.
  • Uma colher de café de curry (também conhecido como caril) em pó.
  • Meia colher de café de açafrão em pó.
  • Meia colher de café de coentro em pó.
  • Meia colher de chá de alho triturado.
  • Meia colher de chá de gengibre.
  • Duas colheres de sopa de óleo.
  • Duas colheres de sopa de iogurte natural.
  • Quatro colheres de sopa de leite de coco.
  • Cem ml de polpa de tomate.
  • Meio limão.

Modo de Fazer:

Tempere os pedaços do frango com o suco do limão, sal a gosto, coloque uma pitada de curry. Frite a cebola, o pimentão, o tomate e o frango. Refogue por alguns minutos e acrescente o alho, o açafrão, o gengibre, o coentro, a páprica e o resto do curry.

Adicione uma polpa de tomate e misture.

Em seguida, ponha o iogurte e o leite de coco.

Se preferir coloque mais sal e sirva.

Bolo de Maracujá

Acompanhe a seguir esta receita simples de bolo de maracujá. Fácil de fazer e fica muito gostoso.

Bolo de maracujáIngredientes:

1 pitada de sal
1 e ½ xícara (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
1 xícara (chá) de suco de maracujá
2 ovos
2 xícaras (chá) farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó químico
Margarina e farinha de trigo para untar

Cobertura:

1/ 2 xícara (chá) de suco de maracujá
1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro

Como Preparar:

Em uma tigela, misture os ingredientes da massa. Coloque em uma fôrma de buraco no meio de 22 cm de diâmetro untada e enfarinhada e leve ao forno, pré-aquecido, por 20 minutos ou até enfiar um palito ele saia limpo.

Retire do forno, desenforme e despeje o suco de maracujá misturado com o açúcar por cima e sirva.

Como Foram inventados as Sopas e Caldos

caldos para o invernoCom a chegada do inverno aproveitamos para saborearmos os famosos caldos, sopas e cremes.Nada melhor para esquentar as noites frias do inverno. Podemos encontrá-los nos bares e restaurantes e, hoje já é possível encomendá-los pelo telefone e ele chega ainda quentinho em nossas casas.

Origem da sopa e caldos

Os homens descobriram primeiro que a carne não esturricava quando cozida em água fervente. Depois descobriram que o caldo que sobrava mantinha a cor e o sabor da carne. Assim nasceu a sopa.

O nome sopa veio da Alemanha, supper – ato de ensopar o pão. Na Itália zuppa – inzuppano = ensopando o pão. Soup na Inglaterra. Sopa em Portugal e Espanha.

Na Bíblia quando a fome assolava Eliseu disse ao seu servo “Toma uma panela grande e prepara uma sopa para os filhos do profeta”.

Nero, em Roma tomava sopa com alho-poró.

Os restaurantes na Idade Média eram conhecidos como albergues ou tabernas populares. Hospedavam os viajantes e comerciantes por uma ou mais noites que lá faziam suas refeições, como chegavam quase sempre à noite só ficavam para o jantar e dormir e assim recuperar as energias que perdiam ao longo dos trajetos que realizavam tomavam os famosos caldos restauradores.

Em 1765, durante o reinado de Luiz XV, o dono da Poulies em Paris, colocou na porta o seguinte: “Boulanger debite restaurants divins” que quer dizer: Boulanger serve caldos restauradores divinos. Boulanger era um padeiro francês.

Com a moda lançada pelo Boulanger o conceito de restaurante mudou para o que conhecemos nos dias atuais.

O caldo do Boulanger fez tanto sucesso que ele não tardou para criar novas receitas.

Foi Boulanger que mais uma vez inovou e criou o Cardápio ou Menu.

Vinte anos depois, em Paris, surgiu o primeiro restaurante a La carte, chamado o Grande Taverne de Londres.

caldos para o inverno1

Os caldos continuam a “restaurar as forças”.

Para acompanhar as sopas e caldos  basta um pedaço de pão e uma taça de um bom vinho.